Minha Casa Minha Vida

O que é o Minha Casa Minha Vida (MCMV)?

O MCMV é um programa habitacional criado pelo Governo Federal para financiar moradias voltadas para o segmento econômico, reduzindo o déficit habitacional e dinamizando o setor da construção civil, que passa a gerar mais renda e empregos.

A quem se destina?

  • Renda familiar mensal até R$ 1.800,00 – FAIXA 1: Até 90% de subsídio do valor do imóvel. Pago em até 120 prestações de no máximo R$ 270,00, sem juros.

 

  • Renda familiar mensal até R$ 2.350,00 – FAIXA 1,5: Até R$ 45.000,00 de subsídio, com 5% de juros ao ano.

 

  • Renda familiar mensal até R$ 3.600,00 – FAIXA 2: Até R$ 27.500,00 de subsídio, com 5,5% a 7% de juros ao ano.

 

  • Renda familiar mensal até R$ 6.500,00 – FAIXA 3: 8,16% de juros ao ano.

 

FAIXA 1

A modalidade MCMV Faixa 1 produz empreendimentos habitacionais destinados às famílias com renda mensal bruta de até R$ 1.800,00. Os valores dos imóveis variam de acordo com a localidade. E pode ser custeado até 90% do valor do imóvel pelo Programa.

Se você está na Faixa 1, pode se cadastrar na sua cidade e, se atender aos critérios, aguardar o próximo sorteio para um empreendimento em sua cidade. Em breve, você poderá consultar no site do Programa os endereços ou sítios eletrônicos dos órgãos responsáveis pelas inscrições em todo o Brasil. Também estarão disponíveis consultas para verificar se você está cadastrado para participar de sorteios ou se foi sorteado.

Você também pode ser atendido com o MCMV Financiamento e, neste caso, deve fazer uma simulação para saber o valor do subsídio a que você tem direito e ir diretamente à CAIXA ou ao Banco do Brasil para pedir um financiamento.

O subsídio para financiamento é o valor que o Minha Casa Minha Vida oferece para você reduzir o valor da prestação de financiamento da sua casa própria.

FAIXA 1,5

O Faixa 1,5 destinado a famílias com renda até R$ 2.350,00, oferece subsídios de até R$ 45.000,00 para financiamento de imóveis até R$ 135.000,00, dependendo da sua localização. Se você se enquadra na Faixa 1.5, faça a sua simulação, complemente seu cadastro e aguarde o sorteio, cujo resultado será divulgado no  portal oficial do Programa.Caso você seja contemplado, procure um imóvel nas condições/valor admitidos no programa e dirija-se a uma agência da CAIXA.

FAIXA 2

O Faixa 2, destinado a famílias com renda entre R$ 2.351,00 e 3.600,00, permite que você faça diretamente uma simulação para saber o valor do subsídio que o programa te oferece e ir diretamente à CAIXA para pedir um financiamento.

É importante lembrar que se trata apenas de uma simulação e que, para obter o financiamento e ter direito ao subsídio, você passará por uma análise de crédito na instituição financiadora.

FAIXA 3

A modalidade MCMV Financiamento também possibilita o acesso à moradia por meio de financiamento com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço – FGTS, de famílias com renda bruta mensal acima de R$ 3.600,00 e até R$ 6.500,00, com condições especiais de taxas de juros até 8,16% a.a., reduzidas em relação às praticadas pelo mercado imobiliário.

Para participar desse produto, além de atender ao limite de renda familiar compatível, o candidato não pode ter recebido nenhum benefício do Poder Público, tais como: parte de pagamento do imóvel ou redução das taxas de juros. Essa verificação será realizada antes da efetivação do financiamento.

Caso esteja nesse intervalo de renda, dirija-se diretamente a uma agência da CAIXA para realizar a sua análise de crédito e dar continuidade ao processo de contratação do financiamento de sua casa.

Qual o valor máximo do imóvel que pode ser financiado dentro do MCMV?

  • Capitais classificadas pelo IBGE como metrópoles: DF, RJ E SP(225 mil) – SUL, ES E MG(200 mil) – CENTRO-OESTE(180 mil) – NORTE E NORDESTE(180 mil)

 

  • Demais capitais estaduais, municípios das regiões metropolitanas das capitais estaduais, de Campinas, da Baixada Santista e regiões integradas de desenvolvimento de Capital com população maior ou igual a 100 mil habitantes, capitais regionais, classificadas pelo IBGE, com população maior ou igual a 250 mil habitantes: DF, RJ E SP(215 mil) – SUL, ES E MG(180 mil) – CENTRO-OESTE(170 mil) – NORTE E NORDESTE(170 mil)

 

  • Municípios com população igual ou maior que 250 mil habitantes e municípios das RM das capitais estaduais, de Campinas, da Baixada Santista e das RIDE de Capital com população menor que 100 mil habitantes e capitais regionais, classificadas pelo IBGE, com população menor que 250 mil habitantes: DF, RJ E SP(170 mil) – SUL, ES E MG(160 mil) – CENTRO-OESTE(155 mil) – NORTE E NORDESTE(150 mil)

 

  • Municípios com população maior ou igual a 50 mil habitantes e menor que 250 mil habitantes: DF, RJ E SP(135 mil) – SUL, ES E MG(130 mil) – CENTRO-OESTE(125 mil) – NORTE E NORDESTE(120 mil)

 

  • Municípios com população entre 20 e 50 mil habitantes: DF, RJ E SP(105 mil) – SUL, ES E MG(100 mil) – CENTRO-OESTE(100 mil) – NORTE E NORDESTE(95 mil)

 

  • Demais municípios: DF, RJ E SP(90 mil) – SUL, ES E MG(90 mil) – CENTRO-OESTE(90 mil) – NORTE E NORDESTE(90 mil)

Que outros benefícios o MCMV oferece?

Além dos subsídios e taxas de juros mais baixas, as famílias ainda podem usufruir de outros benefícios como:

  • Fundo Garantidor para o caso de perda da renda
  • Redução nos custos do registro do imóvel em Cartório
  • Redução no valor do seguro do financiamento

Quais as restrições para se adquirir um imóvel dentro do MCMV?

  • Não possuir contrato de arrendamento no Programa de Arrendamento Residencial – PAR
  • Não ter recebido, em qualquer época, desconto concedido pelo FGTS para financiamento habitacional
  • Não ser proprietário de imóvel residencial, urbano ou rural, situado no atual local de seu domicílio, nem onde pretende fixá-lo
  • Não ser detentor de financiamento ativo nas condições do SFH em qualquer parte do país