Fechar
Cadastrando informações
Cadastro realizado com sucesso!
Em breve entraremos em contato para enviar mais
informações sobre o empreendimento.
Cadastro realizado com sucesso!
Em breve entraremos em contato para enviar mais informações sobre o empreendimento.

As novidades da Quartzo

  • Blog
  • 4 erros comuns na hora do financiamento imobiliário
4 erros comuns na hora do financiamento imobiliário
09/03/2017

4 erros comuns na hora do financiamento imobiliário

Por: Amanda Sanchez

Adquirir um imóvel próprio é o sonho de muitos brasileiros, e o financiamento imobiliário é a alternativa que muitas pessoas encontram para realizá-lo. Por outro lado, não são raros os casos em que as dificuldades para pagar as prestações transformam o sonho em pesadelo.

Para você passar longe dos problemas ao financiar um imóvel, neste post, apresentaremos os 4 erros mais comuns na hora de fazer o financiamento imobiliário. Acompanhe!

1. Não fazer um planejamento adequado

Ao colocar os gastos na ponta do lápis, muitas pessoas superestimam a sua capacidade de poupança ou fazem vista grossa a determinadas despesas para não desistirem do seu sonho.

Para assegurar que você realmente está em condições de contratar um financiamento imobiliário, faça um levantamento de todas as suas despesas. Mas atenção: não deixe nada de fora! Nem mesmo os valores menores, já que a intenção é tornar seu planejamento financeiro o mais preciso possível.

Depois que fizer o levantamento, faça uma estimativa de quanto será o valor das prestações e inclua a taxa de condomínio, se for o caso. Assim, você saberá se o financiamento cabe ou não no seu bolso. Aproveite para reavaliar seu orçamento, cortando gastos desnecessários.

Na hora de escolher seu imóvel, procure opções coerentes com a sua capacidade financeira. É muito comum que compradores, movidos pela emoção, apertem demais o orçamento para garantir o negócio e enfrentem sérias dificuldades mais à frente.

2. Ignorar os gastos envolvidos

Muitas pessoas, quando se planejam para financiar um imóvel, focam apenas no valor que será pago mensalmente. Com isso, certos gastos que podem comprometer o orçamento são deixados de lado.

Antes de liberar o financiamento imobiliário, por exemplo, as instituições financeiras cobram uma taxa de vistoria (ocasião em que o preço pedido é avaliado em comparação com o valor do mercado). Outras despesas precedem a assinatura do contrato, como o seguro residência, o ITBI e os gastos com certidões atualizadas.

Outros gastos não estão diretamente ligados à contratação do financiamento, mas merecem igual atenção. É o caso da mudança, por exemplo. Pode ser que você tenha que efetuar ainda alguns reparos no imóvel, arcar com a rescisão do contrato de aluguel ou adquirir móveis e eletrônicos.

É preciso muito cuidado nesse momento. Caso seja necessário pegar um empréstimo para cobrir esses gastos, o valor das parcelas vai pesar no orçamento.

3. Atrasar a entrega da documentação

Para dar entrada no processo de liberação de um financiamento imobiliário, as instituições financeiras exigem uma série de documentos de compradores e vendedores, assim como do próprio imóvel.

O ideal é que você tenha os papéis em mãos assim que decidir pela compra do imóvel, mas caso não seja possível, providencie o quanto antes.

Certos documentos, como certidões negativas ou a própria certidão de casamento, possuem prazo de validade. Se houver atraso de sua parte, você corre o risco de ter que arcar com as novas vias, inclusive com as do vendedor, ou, até mesmo, pode levá-lo a desistir do negócio.

4. Não vistoriar o imóvel

Ansiosas para fecharem negócio mais rapidamente, muitas pessoas não avaliam o imóvel de forma adequada. O financiamento imobiliário é um compromisso de longo prazo, por isso, certifique-se de tomar a melhor decisão para não se arrepender depois.

Verifique fatores como a ventilação e a luminosidade e visite o imóvel em horários diferentes, para conferir a incidência do sol e a variação da temperatura. A parte elétrica merece atenção, assim como possíveis infiltrações.

Não se esqueça de observar as áreas vizinhas e os acessos ao imóvel, especialmente à noite, para ter uma noção da segurança no local.

Se todos cuidados necessários forem tomados, fique tranquilo, não há com o que se preocupar! O financiamento imobiliário pode ser a porta de entrada para a realização de seu sonho.

Então, se sente mais preparado? Curta nossa página no Facebook e fique por dentro das novidades do mercado imobiliário.

banner_cta_ebook_finalpost
Não perca nada!

Faça seu cadastro e enviaremos todas as novidades para o seu email (não enviaremos spam!):

Últimas do blog