Fechar
Cadastrando informações
Cadastro realizado com sucesso!
Em breve entraremos em contato para enviar mais
informações sobre o empreendimento.
Cadastro realizado com sucesso!
Em breve entraremos em contato para enviar mais informações sobre o empreendimento.

As novidades da Quartzo

  • Blog
  • Primeiro imóvel: vale a pena comprar ou alugar?
Primeiro imóvel: vale a pena comprar ou alugar?
06/03/2017

Primeiro imóvel: vale a pena comprar ou alugar?

Por: Amanda Sanchez

O momento de escolher a primeiro imóvel certamente é muito feliz para boa parte das pessoas, pois isso significa mais independência e comodidade. No entanto, uma dúvida muito comum é: vale mais a pena comprar ou alugar?

Definitivamente, as duas alternativas têm diversos benefícios e podem ser a opção perfeita de acordo com o perfil de cada um, além da fase profissional e pessoal que está sendo experimentada por cada pessoa.

Quer mais informações antes de tomar essa importante decisão? Então, confira este post!

Comprar

Investimento seguro

Uma das grandes vantagens de comprar o primeiro imóvel é que esse é um investimento bastante seguro, mesmo se o país passar por uma conjuntura econômica menos favorável. O mercado imobiliário brasileiro é bastante forte e, como temos um déficit habitacional enorme, sempre haverá interessados em uma casa ou apartamento.

Mesmo que a sua intenção primordial não seja essa, é bom ter a consciência de que você pode ganhar um bom dinheiro com uma venda em caso de uma eventual necessidade. Outro benefício é a possibilidade de uma boa renda extra passiva, se você desejar alugar a sua unidade posteriormente.

Saída do aluguel

A possibilidade de deixar de pagar aluguel é outro ponto favorável na hora de decidir entre comprar ou alugar um imóvel. Arcar mensalmente com o valor de locação é um tremendo desafio para muitas famílias, especialmente se você levar em conta que é uma despesa que não traz nenhum retorno perene.

Com uma boa negociação de financiamento, por exemplo, é possível destinar uma quantia para arcar com as prestações do empréstimo habitacional e, no final de tudo, se tornar o dono da sua própria casa ou apartamento.

Possibilidade de alterações e reformas

Quando você está alugando um imóvel, você só pode fazer alterações ou mudanças na unidade se contar com a expressa autorização do proprietário. Além disso, todo o dinheiro investido para deixar a propriedade mais bonita ou funcional será perdido, pois ao final do contrato você se mudará.

No entanto, quando você é o dono, a liberdade de fazer o que bem entender é muito maior. Você pode, por exemplo, aproveitar melhor os espaços, investir em um conceito amplo com uma cozinha americana, construir mais um banheiro ou até mesmo ampliar o quintal.

Aluguel

Menor investimento inicial

Uma das grandes vantagens de optar pelo aluguel na hora de escolher o primeiro imóvel é que isso demanda um investimento inicial muito menor. Essa realidade pode ser muito importante para jovens casais ou para quem está iniciando a vida profissional, por exemplo.

Mesmo que você consiga um bom financiamento, o valor das prestações acaba sendo mais elevado do que o da locação. Além disso, em linhas gerais, é preciso dar uma entrada de, no mínimo, 30% do valor total do imóvel, o que acaba sendo inviável para algumas pessoas.

Facilidade de mudança

Outro benefício de morar de aluguel é que a pessoa acaba tendo mais liberdade para se mudar. Isso é muito importante, especialmente se pensarmos que a dinâmica das grandes cidades se altera com frequência e que nunca sabemos o dia de amanhã.

Imagine se você receber uma proposta de trabalho em outro município ou se o bairro no qual você vive começar a experimentar problemas de segurança ou mobilidade? Sendo um locatário, você pode fazer um acordo ou simplesmente pagar a multa rescisória e sair.

E agora, pronto para escolher entre comprar ou alugar um imóvel? Gostou do conteúdo? Então não deixe de curtir a nossa página no Facebook!

banner_cta_ebook_finalpost
Não perca nada!

Faça seu cadastro e enviaremos todas as novidades para o seu email (não enviaremos spam!):

Últimas do blog